1. O novo ciclo político pós-Eleições Autárquicas está indelevelmente marcado pela escolha do novo Presidente do Partido Social Democrata (PSD), a ocorrer nas eleições diretas de 13 de Janeiro de 2018. Em todos os momentos e circunstâncias, o PSD tem a obrigação de apresentar aos portugueses e ao país, lideranças e projetos políticos que correspondam às esperanças e expectativas de todo o povo português.

2. A Juventude Social-Democrata (JSD), enquanto maior organização de juventude partidária do país, tem o dever de contribuir com novas propostas e ideias de futuro e para o futuro da nossa comunidade, cabendo-lhe intervir, em representação dos jovens portugueses, no processo político, a nível nacional e no quadro da participação portuguesa na União Europeia, particularmente nas matérias mais relevantes para a condição de vida e realização dos jovens.

3. O trabalho desenvolvido pela Comissão Política Distrital de Lisboa da JSD tem procurado servir os interesses concretos dos jovens e da nossa sociedade como um todo. A JSD Distrital de Lisboa não se tem coibido de participar ativamente na vida política do distrito de Lisboa e do país, procurando ser uma voz de relevo junto do PSD e dos atores políticos para a construção de uma sociedade desenvolvida, meritocrática, coesa, norteada pela justiça social e com mais oportunidades para as novas gerações.

4. No atual momento político, a Comissão Política Distrital de Lisboa da JSD declara apoio à candidatura de Pedro Santana Lopes para Presidente do PSD. Acreditamos que Pedro Santana Lopes reúne as melhores condições para unir todos os sociais-democratas na criação de uma alternativa ao governo das esquerdas de António Costa, apresentando-se com um projeto de governação alternativo aos portugueses.

5. Pedro Santana Lopes é a escolha certa para a liderança do PSD. A forte sensibilidade social e o reconhecimento da necessidade de crescimento económico sustentável que gere emprego e oportunidades para todos são prioridades para Pedro Santana Lopes, que acreditamos serem essenciais no presente e futuro do país.

6. No distrito de Lisboa, o apoio à candidatura de Pedro Santana Lopes é unânime entre a Comissão Política Distrital e os dez Presidentes de Concelhia do distrito de Lisboa da JSD: JSD Amadora (Presidente da Comissão Política Concelhia – Miguel Pinheiro), JSD Azambuja (Presidente – Daniela Menúria), Jsd Cascais (Presidente – Frederico Nunes), JSD Lisboa (Presidente – Ivan Roque Duarte), JSD Loures (Presidente – Vasco Teles Touguinha), JSD Mafra (Presidente – Patrícia Príncipe), JSD Odivelas (Presidente – David Pereira de Castro), JSD Oeiras (Presidente – Susana Isabel Duarte), JSD Sintra (Presidente – Andreia Filipa Bernardo) e JSD Vila Franca de Xira (Presidente – Fábio Mousinho Pinto).

7. Apelamos a que todos os militantes jovens do Distrito de Lisboa participem ativamente neste ato eleitoral, fundamental para o futuro do PSD e do país, ajudando a eleger Pedro Santana Lopes como o próximo Presidente do PSD.

Alexandre Poço

Presidente da JSD Distrital de Lisboa

Lisboa, 18 de Outubro de 2017