O Orçamento do Estado para 2019 foi aprovado na Assembleia da República, no passado dia 29 de Novembro de 2018, com os votos favoráveis do PS, Bloco de Esquerda, PCP, PEV e PAN e com os votos contra do PSD e do CDS-PP.

Os gabinetes de Economia e Finanças da JSD Distrital de Lisboa analisaram a versão final da mais importante Lei aprovada no Parlamento e que, anualmente, determina a maioria das escolhas políticas do governo e da maioria parlamentar que o suporta. Este trabalho conjunto do EcoFin permite perceber, de forma sintética, quais as escolhas e prioridades orçamentais do Governo de António Costa e dos seus aliados da extrema-esquerda.

A economia portuguesa, as perspetivas macroeconómicas, a política fiscal, a consolidação orçamental e a despesa pública, as finanças públicas e a dívida pública, os riscos orçamentais, a administração pública, a economia, o trabalho e a segurança social, a administração pública, a cultura, a saúde, a ciência e o ensino superior são algumas das áreas em análise neste documento, com uma abordagem crítica e alicerçada em estatísticas, dados e números, pelo que aconselhamos vivamente a leitura.

Neste documento, é ainda possível ler artigos de opinião sobre o Orçamento do próximo ano do Presidente da JSD Distrital de Lisboa, Alexandre Poço, do coordenador de Economia, Rodrigo Camacho, e do Coordenador de Finanças, João Marques Dias.

O documento “Análise ao Orçamento do Estado 2019” pode ser consultado aqui.