A Distrital de Lisboa de Juventude Social Democrata (JSD) expressa as mais sentidas condolências à família enlutada, aos amigos e ao Partido Socialista pelo falecimento do antigo Presidente da República, Mário Soares.

Nesta hora de pesar, a JSD Distrital de Lisboa evoca Mário Soares pelo contributo importante na consolidação da democracia e da liberdade no período que se seguiu ao 25 de Abril de 1974.

Independentemente das diferenças políticas e ideológicas, reconhecemos em Mário Soares uma figura que naqueles tempos conturbados, e a par de outras como Francisco Sá Carneiro, Ramalho Eanes ou Adelino Amaro de Costa, tudo fez para garantir que Portugal, na ressaca de uma longa ditadura, adoptaria uma democracia representativa, liberal e europeia.

A democracia portuguesa e a liberdade são valores que nos unem a Mário Soares, merecedor do nosso respeito, do nosso luto e desta singela evocação.

Alexandre Poço

Presidente da JSD Distrital de Lisboa

7 de Janeiro de 2017