No seguimento de reuniões de trabalho com Associações Académicas e de Estudantes, deputados da JSD e do Círculo Eleitoral de Lisboa apresentaram um conjunto de questões ao Ministro da Administração Interna sobre a insegurança na Cidade Universitária.

O Presidente da JSD Distrital de Lisboa e Deputado à Assembleia da República, Alexandre Poço, refere que “ao longo dos últimos anos, têm sido recorrentes as situações de alarme social em torno da insegurança na Cidade Universitária, em Lisboa. São do conhecimento público vários crimes, inclusive homicídios, furtos, roubos e tentativas de violação, que preocupam toda a comunidade académica”.

A perceção de insegurança vivenciada já originou várias tomadas de posição públicas de estudantes e associações académicas, vigílias, manifestos que pedem reforço da segurança e da iluminação pública no campus da Cidade Universitária, dando inclusive origem a um movimento estudantil, o Movimento Campus Seguro, em janeiro de 2020, com iniciativas como a “Iluminar o Campus” nesse mesmo mês que juntou centenas de estudantes. 

Neste sentido, os deputados do PSD apresentam várias questões ao Ministro da Administração Interna sobre:

No mesmo âmbito, os deputados do PSD apresentaram um requerimento à Câmara Municipal de Lisboa (CML), em que solicitam mais informações relativamente ao policiamento municipal da zona da Cidade Universitária, bem como, que ações e medidas específicas estão a ser equacionadas pela CML para reforçar a iluminação pública na Cidade Universitária, no próximo ano letivo.

Alexandre Poço refere que “desta forma, continuamos a manter o tema vivo junto das autoridades governamentais e municipais, no sentido de obter uma solução que reforce a segurança na Cidade Universitária para toda a comunidade académica”.

As perguntas dirigidas ao Ministro da Administração Interna podem ser consultadas aqui.

O requerimento à Câmara Municipal de Lisboa pode ser consultado aqui.